Comparação entre as Tecnologias de Moagem a Seco como Referência para os Parâmetros Tecnológicos do Grânulo Formado


KAYACI K., YILDIRIM Y., TARHAN M., DURGUT E. , ERGİN H.

Ceramica Industria, vol.22, pp.7-14, 2017 (Non-Refreed Journal)

  • Publication Type: Article / Article
  • Volume: 22
  • Publication Date: 2017
  • Title of Journal : Ceramica Industria
  • Page Numbers: pp.7-14

Abstract

Na indústria de fabricação cerâmica o processo a úmido, incluindo moagem e atomização, é amplamente utilizado para a preparação do grânulo. No entanto, a moagem a seco tornou-se um processo importante devido à economia de energia, permitindo o uso de distintas matérias-primas no processo de fabricação de placas cerâmicas. Neste estudo foi investigado o layout do processo de moagem a seco, bem como os parâmetros de operação do moinho de bolas contínuo a seco, de alta capacidade e com separador (MB), do moinho vertical de rolos (MV) e do moinho pendular de rolos (MP). Como se sabe, a distribuição de tamanho e a forma das partículas afetam as características das suspensões preparadas e também o comportamento durante a queima e as propriedades técnicas do produto final. Portanto, foi estudada a distribuição de tamanho de partícula de cada sistema de moagem para as principais matérias-primas: feldspato, caulinita, granito e caco queimado de pavimento cerâmico. A distribuição de tamanho de partícula de cada sistema de moagem foi apresentada segundo uma distribuição RRSB, que permite comparar as distribuições de tamanho dos produtos em função dos parâmetros de posição d’, que indica a finura, e do parâmetro n, que indica a inclinação, se é uma distribuição larga ou estreita. Finalmente, foram realizadas análises do custo de operação dos sistemas de moagem a seco.